Junte-se a nós!Se você gosta de nerdices, geek, otaku, cult e etc!

Dragon Ball Super | Finalmente é revelado o passado de Jiren

Um dos grandes mistérios da nova saga é o passado de um personagem muito importante para a trama da série: o cabra-macho do Jiren. O episódio 127 que foi lançado ainda na noite deste sábado revelou grande parte desse passado, e se você ainda não assistiu ao episódio por aí é melhor voltar daqui mesmo.

Cuidado! O texto a seguir contém spoilers do episódio 127!

Além de revelar um poder destrutivo capaz que aniquilar quase que completamente a arena criada para suportar o ataque de Deuses da Destruição, o episódio foi super essencial por revelar mais ainda da trama principal. Vegeta mostra que ainda tem fôlego para lidar com a continuação da luta, mesmo gastando tudo o que tinha na manga no último episódio.

Durante a Batalha dos Universos, e só restanto Goku, Vegeta, Freeza, Lapis (17) e Jiren, tudo, inclusive a arena, está aos pedaços por causa de toda a destruição causada até ali. O único que se mantém firme é Jiren, a “muralha ambulante”, de acordo com o título do episódio. É chegado um ponto onde o andóide 17 revela o seu pedido caso ganhe o torneio, e ele diz querer um cruzeiro para viajar com a sua família, um pedido considerado tolo diante do problema que é perder o torneio e ser apagado da existência. Jiren, quando questionado sobre o seu desejo, confirma ter um, entretanto não o revela para o 17.

Jiren ainda criança vasculhando a sua vila destruída.
Jiren ainda criança vasculhando a sua vila destruída.

Diante disto o Deus da Destruição do universo de Jiren, Vermond, resolve revelar o passado do seu melhor guerreiro: Quando ainda era criança, Jiren presenciou o massacre de seu povo e, consequentemente, da sua família, por um “vilão”. Quase morto, ele foi salvo por um “mestre”, que passou a ensiná-lo a lutar, a dar valor máximo à sua força, com o lema de que “apenas os fortes ditam as regras”, e a seguir o caminho da retidão, então ele continuou treinando e se fortalecendo.

Com o passar do tempo Jiren foi se cercando de amigos, e esse  “vilão” havia voltado, Jiren tentou o derrotar, porém ele era poderoso demais e matou todos os seus amigos, além de ter também matado o seu mestre. Depois Jiren tentou mais uma vez enfrentá-lo, mas os estudantes sobreviventes não quiseram segui-l0. A partir daí Jiren começou a caminhar sozinho, para ele “confiança” não tinha mais valor, e o “poder” era a verdadeira “justiça” e quem controlasse esse poder ditaria as regras do universo.

O desejo de Jiren, afinal, não foi dito nem pelo Deus da Destruição Vermond, nem pelo próprio Jiren, mas a partir da sua história podemos concluir que o seu maior desejo é ser forte o suficiente para matar esse tal “vilão” que assola o seu universo, ou, no mínimo, tem algo a ver com eliminar ele de uma vez por todas.

Por fim, demos adeus ao Lápis, o andróide número 17, que resolveu abandonar o seu desejo para salvar Goku e Vegeta, nem que seja por alguns segundos, antes de se autodestruir. Freeza também fez uma ponta no episódio, chegando até a mostrar a sua forma dourada novamente, mas foi surrado e acabou apagando de novo.

Dragon Ball Super está disponível no site de stream Crunchyroll.