Junte-se a nós!Se você gosta de nerdices, geek, otaku, cult e etc!

Quadrinhos em Cordel | Quem é Jessica Jones?

O Quadrinhos em Cordel é uma coluna semanal do NERDestinos exclusiva para quadrinhos. Textos novos todos os sábados.

Jones.0.0

Depois do estrondoso sucesso da série do Demolidor, a Marvel e a Netflix se juntaram novamente para trazer mais um herói de rua nova-iorquino para o Universo Cinematográfico Marvel, mas dessa vez alguém que inicialmente não faz questão de usar um uniforme, de esconder seu rosto e nem de fazer justiça para sua cidade. Abdicando de vários clichês de super-heróis, Jessica Jones é o primeiro nome feminino a estampar um título da Marvel Studios, e seu passado faz jus a essa conquista.

Após ter abandonado o Comic Code Authority, uma espécie de autorregulação das editoras de quadrinhos, a Marvel decidiu lançar, no não tão longínquo ano de 2001, um selo de revistas adultas, com conteúdo sexual explícito, drogas, rock ‘n’ roll e tudo mais. Assim surgiu a Marvel Max e consequentemente Alias, o primeiro título com essa nova abordagem. Os senhores Brian Michael Bendis e Michael Gaydos ficaram encarregados desse fardo e trouxeram ao mundo a nossa querida Jessica.

Sua origem tem muitas conexões com o restante do universo Marvel mas consegue ser extremamente singular. O pai de Jessica ganha tickets para a Disneylândia  – e a Marvel nem tinha sido comprada pela Disney ainda – de seu patrão Tony Stark, porém na viagem de volta, ela e sua família sofrem um grave acidente entre o carro deles e um caminhão que carregava substâncias radioativas. Resultado: todos morreram menos… Jessica.

page20_copy.0

Posteriormente a sua recuperação física do acidente, a garota acaba entrando em um orfanato e sendo adotada pela família Jones. Uma hora ou outra os novos poderes dela se manifestariam e assim acontece em sua adolescência, Jessica descobre habilidades como voo, força extrema e alta resistência, porém, assim como qualquer herói ou heroína, esses poderes não poderiam ser inutilizados, eles poderiam salvar a vida de muitas pessoas e combater diversos vilões, mas ela não contava com o grande poder de um deles.

Durante seu curto tempo como super-heroína, Jones conhece o malígno Zebediah Killgrave e sua vida muda por completo. Killgrave era um espião que trabalhava para a União Soviética, porém em uma de suas missões em território americano, entrou em contato com um gás nocivo em uma refinaria química e ganhou o poder de controlar a mente de outras pessoas, intitulando-se Homem-Púrpura.

Como era de se esperar, o vilão a manipula e a transforma em sua escrava, levando-a a participar de orgias, dormir no chão, dar banho nele e, claro, machucar outras pessoas. Toda essa tortura dura quase um ano e, além do sentimento de culpa depois por tudo o que havia feito, Jessica também ficou traumatizada porque nenhum amigo ou familiar sentiu sua falta durante esse tempo.

sp0oryxtpmso1kiwfezs

Livre das garras de Killgrave, Jessica decide esquecer seu lado heroína e abrir uma agência de detetives particulares chamada Alias Investigations. A firma tem sucesso e muitos dos casos investigados são diretamente relacionados a mutantes, vigilantes e super-heróis. Nessa mesma época, ela e Scott Lang (Homem-Formiga) têm um caso amoroso mas dura somente alguns meses.

Sua alma gêmea de verdade é Luke Cage, vigilante de Hell’s Kitchen. Eles começam um relacionamento sério ao descobrirem que Jessica está grávida e posteriormente passam a morar juntos. Com o nascimento da pequena Danielle Cage, nomeada assim em homenagem ao Danny Rand (Punho de Ferro), Jessica fecha sua agência de investigações e segue carreira jornalística no Clarim Diário.

maxresdefault-15Já acabou, Jessica? Claro que não, o legado de Jessica continua até hoje e agora, finalmente, está sendo extremamente disseminado graças a série televisiva. Além de sua própria série, a heroína deve aparecer na série do Luke Cage e também em Os Defensores.

Jessica Jones já está disponível no Netflix.