Junte-se a nós!Se você gosta de nerdices, geek, otaku, cult e etc!

Quadrinhos em Cordel | Qual é a desse tal de Rebirth?

O Quadrinhos em Cordel é uma coluna semanal do NERDestinos exclusiva para quadrinhos. Textos novos todos os sábados.

DC_Rebirth

A imagem acima foi exibida ao mundo pela primeira vez no dia 23 de janeiro desse ano, quando Jim Lee e Dan DiDio, co-editores da DC, a publicaram em suas redes sociais. Desde então, os fãs da DC não param de criar teorias e mais teorias sobre o que afinal seria esse tal de Rebirth: Apenas um novo crossover? Um relaunch? Ou seria na verdade um reboot de tudo?

Desde a época do início dos Novos 52 lá em 2011 já se especulava que, como o nome sugere, as edições sofressem bruscas mudanças quando atingissem a marca de 52 edições. Em janeiro, quando todos esses questionamentos sobre a editora vieram à tona, as mensais que haviam sido zeradas no começo dos Novos 52 – e que sobreviveram à iniciativa DC You – chegavam às suas edições de número 48, o que dava ainda mais força à especulação.

Para deixar as coisas um pouco mais claras e evitar conflitos, Lee e DiDio voltaram a falar sobre Rebirth nas redes sociais na última segunda-feira (15), mas dessa vez postando uma imagem um pouco diferente da que havia sido divulgada anteriormente. O novo teaser tinha o mesmo fundo azul mas agora dizia “Rebirth. Não é um reboot. E nunca foi”, dando uma percepção mais clara para nós os fãs mais sedentos.

CbR3jNwUMAAPI3s.jpg-large

Porém foi somente na última quinta-feira (18) – quase um mês depois do primeiro teaser – que a empresa finalmente revelou seus futuros planos para o universo DC nos quadrinhos. Durante a Comics PRO 2016, o diretor de criação da editora Geoff Johns anunciou sua saída do título da Liga da Justiça na edição 50 para trabalhar no grandioso one-shot de 80 páginas DC Universe: Rebirth, junto com nomes como Ivan Reis, Ethan Van Sciver, Phil Jimenez e Gary Frank, que chega às lojas em 25 de maio.

Segundo o Johns, Rebirth não é apenas um megaevento, e sim uma missão em andamento. “O ponto principal de Rebirth, para todos nós, é voltar para a essência dos personagens. No especial DC Universe: Rebirth, as primeiras linhas resumem o que é isso para mim. Há uma imagem do mundo, e o misterioso narrador fala: ‘Eu amo este mundo, mas há algo faltando'”, disse ele em um vídeo exibido na convenção.

E o jogo das cadeiras não vai mudar somente para os personagens, essa nova fase da DC também vai contar com novos escritores exclusivos. São eles Tom King, deixando a mensal do Visão na Marvel na edição 12, Clay Mann e John Timm, que já trabalham para a DC nas mensais da Poison Ivy e Harley Quinn respectivamente e que a partir de agora abandonarão seus projetos paralelos para se dedicarem exclusivamente à editora.

tomking
Tom King já trabalhou na DC em títulos como Grayson e Omega Men

Claro que com um megaevento que atinge todo o universo DC e uma completa reformulação da linha editorial, fica iminente a necessidade da DC de zerar suas revistas. E assim será feito. Confira o novo lineup completo da editora:

JUNHO
Especiais:
AQUAMAN REBIRTH #1
BATMAN REBIRTH #1
THE FLASH REBIRTH #1
GREEN ARROW REBIRTH #1
GREEN LANTERNS REBIRTH #1
SUPERMAN REBIRTH #1
TITANS REBIRTH #1
WONDER WOMAN REBIRTH #1

Estreias bimensais:
AQUAMAN #1
BATMAN #1
THE FLASH #1
GREEN ARROW #1
GREEN LANTERNS #1
SUPERMAN #1
WONDER WOMAN #1

Revistas bimensais:
ACTION COMICS #957
DETECTIVE COMICS #934

JULHO
Especiais:
BATGIRL & THE BIRDS OF PREY REBIRTH #1
HAL JORDAN & THE GREEN LANTERN CORPS REBIRTH #1
THE HELLBLAZER REBIRTH #1
JUSTICE LEAGUE REBIRTH #1
NIGHTWING REBIRTH #1
RED HOOD & THE OUTLAWS REBIRTH #1

Estreias bimensais:
HAL JORDAN & THE GREEN LANTERN CORPS #1
JUSTICE LEAGUE #1
NIGHTWING #1

Estreias mensais:
BATGIRL #1
BATGIRL & THE BIRDS OF PREY #1
THE HELLBLAZER #1
RED HOOD & THE OUTLAWS #1
THE SUPER-MAN #1
TITANS #1

OUTONO (americano)
Especiais:
BATMAN BEYOND REBIRTH #1
BLUE BEETLE REBIRTH #1
CYBORG REBIRTH #1
DEATHSTROKE REBIRTH #1
EARTH 2 REBIRTH #1
SUICIDE SQUAD REBIRTH #1
SUPERGIRL REBIRTH #1
TEEN TITANS REBIRTH #1
TRINITY REBIRTH #1

Estreias bimensais:
CYBORG #1
DEATHSTROKE #1
HARLEY QUINN #1
JUSTICE LEAGUE AMERICA #1
SUICIDE SQUAD #1

Estreias mensais:
BATMAN BEYOND #1
BLUE BEETLE #1
EARTH 2 #1
GOTHAM ACADEMY: NEXT SEMESTER #1
SUPERGIRL #1
SUPERWOMAN #1
SUPER SONS #1
TEEN TITANS #1
TRINITY #1

Batman #49, Scott Snyder e Greg Capullo
“Guarde isso para o carro. Vamos ao trabalho.” – Batman #49, Scott Snyder

A primeira grande surpresa nesse lineup é o aumento explosivo das revistas bimensais, totalizando 17 de 32 no geral. É uma estratégia arriscada mas que, se tiver uma boa recepção, vai alavancar de forma expressiva as vendas mensais da DC em comparação com a concorrente Marvel que domina a preferência das comic shops há um bom tempo. Por outro lado, essa decisão pode limitar a liberdade criativa dos quadrinistas, mas só o tempo vai poder nos dizer o resultado disso.

Outra estratégia interessante foi a adição de one-shots especiais com o subtítulo Rebirth para diversos heróis. Zerar numeração é sinônimo de atrair novos leitores, mas como o que vai acontecer não é um reboot, muitos podem cair de paraquedas nesse universo sem entender o que aconteceu anteriormente. Essas revistas especiais servirão justamente para preencher essa lacuna, contando o que ocorreu com cada herói durante o megaevento e preparando o leitor para o que está por vir a partir da edição #1.

Alguns títulos muito queridos que surgiram na iniciativa DCYou como Midnighter, Black Canary We Are Robin não constam na lista e infelizmente serão cancelados, porém outros como Gotham Academy e Red Hood & Arsenal foram apenas renomeados como Gotham Academy: Next Semester e Red Hood & The Outlaws, respectivamente. Cyborg e Justice League America, grandes sucessos de crítica do DCYou, permanecem no lineup.

Seguindo essa ideia de retomar à essência dos personagens e destoando dos diversos #1 da lista, Action Comics e Detective Domics estarão de volta com suas numerações pré-Novos 52. É realmente bastante empolgante ver revistas que tiveram início nos anos 30 sendo publicadas nos dias atuais e, segundo o Geoff Johns, eles mal veem a hora de chegarem nas edições #1000, o que deve acontecer em aproximadamente dois anos, seguindo o ritmo bimensal.

Porém, o que mais animou este que vos escreve foi a confirmação de uma revista que vinha sendo especulada há um bom tempo: Trinity. Sim, finalmente uma revista da Trindade, levando à loucura tanto os fãs antigos, que tinham que se contentar apenas com revistas de duplas (Batman/Superman e Superman/WonderWoman), como os novos fãs que vão querer ler esse quadrinho o mais rápido possível depois de saírem das sessões de Batman v Superman.

Trinity (2008), Kurt Busiek
Trinity (2008), Kurt Busiek

As equipes criativas dos novos títulos serão anunciadas em 26 de março na WonderCon 2016.

E aí, o que você achou do lineup de Rebirth? Qual revista você está mais ansioso para ler? Comente abaixo!